3 coisas que devemos saber sobre os Geradores de Energia!

Os Geradores de Energia são equipamentos que se tornaram fundamentais nas operações de negócios e instituições de todos os segmentos e portes ao redor do mundo. Entre as muitas funções importantes, podemos destacar:

  • Ser a fonte de energia emergencial em caso de suspensão de fornecimento da energia elétrica para empresas;
  • Ser a fonte contínua de energia em hospitais, supermercados, aeroportos, centrais de TI e outros locais que não podem ter paralisações,

Com o passar dos anos, muitos outros negócios mostraram interesse e aparelhos menores e portáteis surgiram para atender residências, condomínios, micro, pequenas e médias empresas físicas e também o e-commerce.

Neste artigo, vamos falar de 3 coisas que devem saber sobre os Geradores de Energia.

1 – Quais os combustíveis usados em Grupos Geradores?

Os grupos geradores podem funcionar com algumas alternativas de combustível.

Gerador de Energia a Gasolina

É o tipo de combustível mais usado, juntamente com o diesel, com a vantagem de ter um custo menor quando comparados em grupos gerados de mesmo tamanho e potência. Quando os geradores a gasolina são usados continuamente, como hospitais e aeroportos, o custo não é vantajoso em relação ao diesel, somente nas intervenções eventuais, em emergência.

Gerador de Energia a Diesel

Os geradores a diesel são mais resistentes e rentáveis, porque tem uma vida maior. O motor consome menos, gerando uma eficiência maior em uso contínuo.

Gerador de Energia a Gás

Estes geradores usam gás natural, de aterro ou outros. São mais eficientes em locais com alto consumo de energia – shoppings, aeroportos.

Gerador de Energia Eólico

É uma forma de gerador mais moderna e que utiliza uma fonte de energia totalmente limpa e perene: a força dos ventos. Ainda é um tipo de energia de alto custo, pelos investimentos que são necessários, porém a tendência é o crescimento ao longo dos anos para atender regiões onde há mais dificuldades de fornecer energia elétrica ou outros formas de energia.

Junto com os geradores solares, são as alternativas do futuro para atender a necessidade de gerar energia sustentável e sem agressão ao meio ambiente.

Gerador de Energia Solar

Esta é uma forma de geração de energia já bastante conhecida, principalmente em cidades do interior do Brasil onde a configuração das residências – mais casas e terrenos – facilita o uso dos painéis solares, como também são conhecidos os geradores de energia solar.

O custo ainda é alto e dificulta a popularização, mas o número de empresas que têm apostado neste tipo de combustível tem crescido bastante, porém ainda bastante concentrado em residências, condomínios e pequenas empresas.

2 – Como calculamos a potência necessária em um Gerador de Energia?

A primeira informação que precisamos para começar a escolher um gerador de energia é definir a potência em KVA que ele precisará fornecer, para que mantenha os equipamentos em funcionamento pelo período da paralisação.

Dimensionar erradamente um gerador pode não resolver o problema quando o gerador for acionado e ainda representar um custo sem retorno.

O primeiro passo é definir quais equipamentos serão suportados pelo gerador de energia em uma emergência ou em modo contínuo. A partir desta lista, defina quais as potências individuais em watts (w). Depois é só soma-las e dividir por 1.000 para chegar aos KVA de potência que você vai precisar no gerador.

3 – Quais os tipos de instalação de Geradores de Energia?

O tipo de instalação é determinante para preservar a qualidade do equipamento.

Instalação em área interna

O gerador de energia deve ser colocado em um local com boa ventilação. Lembre-se que os geradores instalados em área interna não podem ter um alto nível de ruído.

A área reservada para o gerador de energia deve estar bem nivelada, para evitar vazamentos e problemas com a lubrificação de componentes. Mantenha produtos inflamáveis e o combustível usado no gerador guardados a uma boa distância.

Instalação em área externa

Neste caso, ele deve ser colocado em uma área protegida de chuva, de umidade, de poeira e de ventos fortes, para evitar danos aos componentes.

 

Pronto! agora você já sabe muito mais sobre seu gerador de energia a diesel! Interessante não?