Como criar um aplicativo de serviço de atendimento a idosos sob demanda

Como criar um aplicativo de serviço de atendimento a idosos sob demanda

Como criar um aplicativo de serviço de atendimento a idosos sob demanda

As pessoas gastam mais muito dinheiro em serviços de atendimento sob demanda para seus pais, filhos, lares e animais de estimação. Hoje vamos falar sobre apps para idosos.

Nossa sociedade está testemunhando uma revolução da longevidade. A expectativa de vida está aumentando e o número de idosos está crescendo rapidamente. 

A partir de 2020, 1 em 11 pessoas atingiu a idade de 65 anos e prevê-se que esta proporção mude para 1 em 6 até 2050. 

Muitas pessoas com mais de 65 anos precisam de ajuda diária e cuidados especiais devido a problemas de saúde. 

Mas como estamos sempre em movimento (trabalhando, estudando, viajando, indo à academia, conhecendo pessoas, fazendo compras), nem sempre podemos cuidar dos pais e familiares idosos.

Por isso, o primeiro passo é se perguntar: O que é Home Care? E Começar a entender sobre esse mercado em expansão. 

Que recursos deve incluir seu aplicativo para cidadãos idosos?

No mercado on-line sob demanda para serviços de atendimento a idosos, geralmente há vários tipos de usuários: Pacientes / Parentes, Cuidadores, Gerentes e Administradores. 

A seguir, vamos dar algumas dicas de que tipo de sessões o app deve incluir para funcionar corretamente.

1. COLOCAR UM TRABALHO OU PROCURAR UM CUIDADOR

A pesquisa pode ser feita de diferentes maneiras. Em alguns sites, os pacientes podem conseguir um emprego com a ajuda de um assistente de perguntas.

Em seguida, o sistema enviará a solicitação aos cuidadores para obterem orçamentos. Em outros sites, os pacientes podem pesquisar online e inserir parâmetros para encontrar cuidadores correspondentes e escrever para eles diretamente.

 Algumas plataformas permitem apenas que os clientes visualizem os perfis dos cuidadores e se conectem com os gerentes da plataforma por telefone ou e-mail.

2. PAGAMENTOS

Integre um portal de pagamento à sua plataforma. No caso de um modelo de receita baseado em comissão, o método de depósito será a melhor escolha, pois é o método mais seguro. 

Com esse método, os pagamentos dos clientes vão, não diretamente para os cuidadores, mas ficam congelados na conta do meio da plataforma. 

Somente após a prestação do serviço e a confirmação do paciente é que o cuidador receberá os ganhos. 

A plataforma pode retirar automaticamente a comissão da soma. O histórico de pagamentos deve ser armazenado e facilmente rastreado.

3. CLASSIFICAÇÕES E AVALIAÇÕES

A confiança é uma das coisas mais importantes para atrair clientes e torná-los fiéis. A confiança é muito importante quando lidamos com a saúde e o bem-estar de nossos entes queridos. 

Para aumentar a confiabilidade de sua plataforma, permita que os pacientes e seus parentes avaliem e publiquem avaliações sobre os cuidadores cujos serviços já utilizaram.

As revisões devem ser verificadas e moderadas para prevenir spam e fraude. Para fazer isso, o sistema pode filtrar endereços de IP e de e-mail, acessar as avaliações apenas de contas que realmente reservaram na plataforma, ou identificar conteúdo gerado por bot e removê-lo.

4. MENSAGEM

Algumas plataformas usam recursos de comunicação apenas para entrevistas iniciais entre paciente e cuidador, enquanto outras constroem um chat ao vivo para permitir que os cuidadores mantenham contato com os parentes do paciente. 

Eles podem compartilhar o plano de tratamento, confirmar as atividades concluídas e enviar fotos dos pacientes. Com esta função, os familiares podem sempre monitorar o quão bem seus entes queridos estão sendo tratados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *