Como encontrar um bom cartório de protesto?

O protesto é visto como uma forma de deixar o nome negativado perante aos órgãos de restrição de crédito. Isso costuma acontecer quando a pessoa tem uma dívida ou mais que não foi paga, então, a pessoa ou empresa credora vai até um cartório registrar que não recebeu o valor da dívida.

Dessa forma, a dívida é oficializada e o nome do devedor se encontra negativado, ou também conhecido como “nome sujo”. Por isso, é necessário que o devedor procure por um 10 cartorio de protesto para realizar a consulta e fazer os procedimentos necessários para o pagamento da dívida e limpeza do seu nome.

Como consultar um processo?

Os Cartórios de Protestos são órgãos que são vinculados ao Tribunal de Justiça, é nesses locais que enviam as denúncias dos credores em relação as pessoas físicas ou as empresas que não pagaram os valores que deixaram no contrato a serem pagas. Depois, o tabelionato vai analisar a denúncia, intimar o devedor e se ele não comparecer, vai ficar com o nome sujo.

Quando a pessoa tem o nome negativado, não vai poder abrir contas em bancos, pedir empréstimos, fazer compras a prazo e pode dificultar até mesmo para conseguir um emprego. Para conferir se está com o nome negativado, é importante encontrar um cartório de protesto de qualidade.

Há uma ferramenta que realiza a busca pelo nome, indicando as informações sobre a localidade em que o cartório em que o nome da pessoa foi protestado está. De maneira bem simples, é necessário apenas informar os dados como CPF, com uma pesquisa que é gratuita e promove agilidade ao processo.

Quando uma empresa registra um processo, a carta registrada é enviada no dia seguinte, indicando que é necessário comparecer ao Tabelionato para pagar o título ou indicar que não vai realizar o pagamento.

Caso tenha recebido um protesto, é necessário pedir uma certidão, que é o documento que vai mostrar os dados de quem protestou. Para retirar essa certidão, deve-se encaminhar até o cartório em que o nome foi protestado, apresentando CPF, RG para retirar o documento. Com ele em mãos, deve ser procurada a pessoa ou a empresa para realizar o pagamento da dívida.

Não tem outro jeito, pois só pagando as dívidas para conseguir limpar o seu nome. Também deve ser pedido um comprovante de quitação para reconhecer a firma em cartório e o papel será válido. Com esse recibo, há a comprovação de que a dívida foi paga. A complicação fica maior por quem optar por não realizar o pagamento da dívida, precisando levar o caso até a justiça para resolver as pendências legalmente.

 Depois, ainda tem que voltar ao cartório, mostrar o comprovante e pedir pelo cancelamento do protesto. Porém, tenha atenção, pois esse é um serviço que tem um valor a ser cobrado, que pode variar de cada localidade para outra. NO fim, o próprio cartório entra em contato com o SPC ou Serasa para poder dar baixa no protesto e limpar o nome.