Como fazer o licenciamento 2018 do seu veículo

Em todo começo de ano é necessário que paguemos os impostos existentes e, por isso, é fundamental termos conhecimento de cada um deles. Para quem não sabe, os impostos são valores pagos por pessoas físicas ou jurídicas com o objetivo de custear os gastos do Estado.

O dinheiro arrecadado é destinado à segurança, educação, cultura, transporte, saúde, pagamentos de salários de funcionários públicos e obras, entre outras responsabilidades dos governos municipal, estadual e federal.

Para aqueles que possuem veículos automotores, há mais algumas preocupações. Além do IPVA e do DPVAT, há o licenciamento, que irá garantir a circulação do veículo nas ruas. É preciso se comprometer com esses pagamentos para evitar atrasos e, por consequências, multas ou – até mesmo – a apreensão do veículo.

 

Licenciamento 2018

 

O Licenciamento 2018 é um dos tributos a serem quitados anualmente por aqueles que possuem veículos automotores. Este imposto é obrigatório, pois garante a circulação nas ruas, de acordo com as leis de trânsito do país e sua arrecadação é direcionada para melhorias na infraestrutura das rodovias.

Caso esse pagamento não seja realizado, além de multas, o proprietário do veículo está sujeito a ter o automóvel apreendido. Em situação de dúvidas, não hesite em procurar o Detran onde foi feito o registro do veículo, pois as taxas de cobrança para a renovação variam em cada Estado e, para evitar problemas futuros, é necessário conferir se toda a documentação está em dia.

Você também pode procurar um despachante confiável que auxilie nos procedimentos que devem ser executados.

 

Problemas de inadimplência

 

O não pagamento do Licenciamento implica em algumas consequências drásticas. Abaixo citamos as mais comuns:

 

– Proibição temporária da circulação do veículo;

– Perda da Carteira Nacional de Habilitação – CNH;

– Apreensão temporária ou permanente do automóvel;

 

Taxas e Tabela de Licenciamento 2018

 

O que determina o período de renovação do licenciamento é o final da placa do automóvel e, seguindo este padrão, na tabela abaixo (de 2017), você pode conferir como funciona esta norma.

      É importante estar atento ao prazo, através do site oficial do DETRAN da sua região, pois o valor das taxas de pagamento podem alterar entre um estado e outro.

Em algumas situações, para evitar mais trabalho e ter a regularização rapidamente em dia, o contribuinte prefere realizar o pagamento de todos os impostos veiculares de uma vez só. Dependendo da data da realização do pagamento, ao optar por esse tipo de quitação, o proprietário do veículo poderá ter 3% ou 5% de desconto no valor total.

Lembre-se que o pagamento deve ser feito dentro do prazo estipulado pelo DETRAN da sua região. No caso de atraso, há uma série de juros e a possibilidade de transtornos maiores caso pare em blitz e não tenha a regularização do Licenciamento de 2018.

Você pode efetuar o pagamento em qualquer instituição financeira do Brasil, entre elas:

  • Bradesco;
  • Caixa Econômica Federal;
  • Casas Lotéricas;
  • Santander;
  • Banco do Brasil;
  • Itaú.

 

       Caso queira otimizar o seu tempo e resolver essas burocracias e pagamentos de maneira mais ágil e prática, você pode procurar a ajuda de um despachante. Ainda assim, não se esqueça de verificar todas as informações no site oficial do DETRAN, pois algumas regras podem ser modificadas.  É importante estar a par de todos os detalhes envolvidos no processo.

 

Conheça a Helpay

 

Com o objetivo de facilitar todo esse trâmite burocrático envolvido no processo de pagamento dos impostos de automóveis, nasceu a Helpay, que iniciou suas atividades no Brasil. A empresa atua no mercado de despachantes de São Paulo,  oferecendo uma solução simples e diferenciada para aqueles que precisam realizar pagamentos de débitos veiculares, como multas, IPVA e o Licenciamento.

A Helpay possibilita o usuário a realizar consultas onlines em tempo real, utiliza as melhores tecnologias e protocolos de segurança e tira todas as suas dúvidas em relação a cada detalhe dos processos de pagamentos.