Curiosidades sobre o transporte internacional

Saiba como é realizado o serviço e o que pode ser transportado

Enviar produtos para o exterior exige muita burocracia e, principalmente, uma empresa de transporte que tenha experiência na área para que o contratante não ganhe uma boa dor de cabeça e tenha arrependimentos mais à frente. Uma firma competente é capaz de fazer tudo o que o cliente quiser, inclusive o transporte de obra de arte internacional, uma das tarefas mais complexas, que, se for o seu caso, é melhor nem pensar em economizar neste momento se não quiser correr riscos.

Como são realizados os transportes internacionais

O transporte internacional de cargas pode ser feito por meio de modais aéreo, terrestre (rodoviário ou ferroviário), dutoviário, aquaviário ou hidroviário (marítimo e fluvial). Veja como é feita a logística:

Introdução

  • Decisões estratégicas: abrangem o transporte a longo do prazo que envolvem escolhas modais, negociação com as transportadoras, decisões de propriedade e política de cargas;
  • Aspectos operacionais: lidam com fatores de curto prazo, envolvendo planejamento de embarques, programação e rota dos veículos, auditoria, além do gerenciamento de avarias.

 

Tipos de transportes modais

  • Aquaviário: é feito pelo mares, oceanos, rios e lagos através da cabotagem (entre portos nacionais), da navegação interior (hidrovias nacionais ou internacionais) ou da navegação de longo curso (entre portos nacionais e internacionais);
  • Fluvial: é muito utilizado na bacia amazônica no transporte de madeiras. Em outras regiões, o processo é feito para transportar produtos agrícolas, fertilizantes, minérios e derivados de petróleo e álcool;
  • Rodoviário: é muito utilizado no transporte de curta e média distâncias, que leva as mercadorias a países limítrofes. Tem baixo custo e é realizado, geralmente, por carretas e caminhões;
  • Ferroviário: realizada por trens, essa modalidade tem um custo ainda menor e é bastante utilizada no transporte de mercadorias agrícolas, grãos, granel, entre outras. Não sofre com congestionamentos e os terminais ficam próximos às unidades produtoras, além de poder carregar até 100 toneladas.
  • Aéreo: é a modalidade ideal para quem tem urgência na entrega, mas seus custos são maiores.

Incoterms

Os International Commercial Terms têm como finalidade permitir uma interpretação precisa dos contratos internacionais em relação às responsabilidades entre o exportador e o importador.

Transporte multimodal

O transporte multimodal permite o uso de mais de um tipo de transporte para o deslocamento da mercadoria até o seu destino final. A responsabilidade, no entanto, permanece sendo de apenas um único transportador. Esse serviço proporciona maior segurança e uma entrega mais rápida, além de um custo mais baixo para a entrega.

Contrato de seguro

Mesmo com muita segurança e experiência, há sempre riscos de acidentes e roubos. Para evitar prejuízos, não hesite em contratar o seguro de transportes. O valor pode variar, considerando a variedade e o tipo da carga, o destino e o período a ser coberto, entre outros quesitos.

O que pode ser transportado

É preciso salientar que nem tudo pode ser transportado para o exterior. Confira alguns itens, mercadorias e cargas permitidos:

Cargas perigosas

Inflamáveis, explosivos, radioativos, entre outras cargas perigosas, podem ser transportadas, mas precisam de autorização da companhia. A documentação também exige uma ficha de identificação do material, incluindo informações a respeito do manuseio correto, para o caso de alguma eventualidade ocorrer.

Cargas perecíveis

Entendem-se como perecíveis aqueles produtos com ciclo de vida curto e rápida deterioração. Eles podem ser transportados, desde que se tenha a certeza de que chegarão em seu destino em bom estado. Devem ser identificadas com uma etiqueta especial.

Animais

Animais podem ser transportados, mas é preciso ter a documentação deles em dia, além de todas as vacinas exigidas. Consulte a regulamentação de cada país para saber quais documentos são necessários.

Produtos frágeis

Esse tipo de mercadoria tem uma certa restrição, que está ligada diretamente à embalagem utilizada. A caixa deve assegurar a integridade da carga durante o transporte.

Cargas valiosas

Essas cargas não costumam ter restrições para embarque, mas algumas empresas deixam de transportar devido ao seu alto valor agregado.

Cargas controladas

Controladas pelo governo, cargas como vacinas, medicamentos e armas exigem certificações, como específicas. É preciso consultar cada caso.

Como embalar para o transporte

Na hora de despachar para outro país, é necessário ter muito cuidado com a embalagem, visto que elas evitam que seus pertences sejam extraviados ou danificados. Para facilitar, utilize caixas de papelão padronizadas e principalmente identificadas, com que tem dentro de cada uma delas. Indique ainda um valor total para as mercadorias, caso alguma caixa seja perdida pela companhia. Imprima e assine todas as folhas, e reconheça em cartório esta declaração de bens.