Veja como o seu banco pode te ajudar a comprar uma casa

Comprar uma casa ou um apartamento é o sonho de milhões de brasileiros, e também um dos maiores desafios econômicos no Brasil.

Vivemos atravessando alguma crise econômica, as taxas de juros são uma das mais altas do mundo e a inflação está sempre assombrando o poder de compra dos brasileiros.

Mas como diz aquela frase o brasileiro não desiste nunca, e a casa própria é uma ótima forma de equilibrar o orçamento, quando comparamos com os custos que envolvem um aluguel.

E os bancos são os principais agentes para oferecer as oportunidades de comprar um imóvel. Vamos ver como o seu banco pode te ajudar a comprar uma casa.

E converse com seu gerente, ele certamente te dará mais informações a respeito.

Antes de tudo: veja essas dicas de como se planejar para comprar um imóvel

Conversar com o gerente para saber as opções para comprar um imóvel é o passo final de uma série de ações que são muito importantes para você ter toda a segurança que precisa em um momento tão importante.

Encaixe da compra do imóvel no seu orçamento

É importante que o valor da prestação não ultrapasse 25% da renda da família. O valor de entrada é fundamental, para reduzir o prazo ou a parcela.

Lembre-se que o imóvel implica também em despesas de regularização, impostos, taxas e possíveis obras antes de começar a morar – neste caso, preveja um período eventual de prestação mais aluguel até a obra acabar.

Reveja suas despesas e ajuste o que não é essencial

Um imóvel é um bem que está no topo da cadeia de prioridades de todas as famílias. Porém, é importante que a compra entre no orçamento mas não sacrifique despesas importantes – colégios, mercado, contas, plano de saúde e outras.

Mas equivale a dizer que aquela viagem precisa ser adiada ou redimensionada. Que as despesas de lazer, roupas, presentes precisam ser revistas.

Mesmo que a sua condição financeira para a compra da casa seja excelente, é bom avaliar se o orçamento está fora do lugar e aproveitar a ocasião, pois qualquer espirro vira pneumonia com uma despesa de imóvel no orçamento.

Converse com outros bancos

Seu relacionamento com o banco pode te dar juros ou prazos melhores na compra da casa, mas é importante pesquisar outros, especialmente a Caixa (se não for o seu banco) que costuma ter as melhores condições.

Tenha muita paciência

Comprar uma casa é uma tarefa demorada e cheia de detalhes, e pesquisar antes também é. Portanto, tenha paciência com a demora nas respostas e também com a sua decisão de escolher o imóvel e a forma de comprar.

Trate as suas visitas aos imóveis da forma mais distante possível para que a sua excitação não aumente o preço.

Financiamento Imobiliário

É uma modalidade praticada por todos os bancos e que tem regras específicas para financiar imóveis – você pode conseguir juros muito melhores do que usualmente paga no limite de crédito ou cartão.

A dica aqui é entender todos os detalhes e opções do financiamento e perguntar muito antes de qualquer decisão. Lembre-se que os juros mudam constantemente – não é para correr para comprar, mas para colocar uma gordura nos valores apurados e não ter surpresas na hora de fechar.

Outro detalhe importante é o seguro: ele é da operação financeira, para garantir o recebimento em caso de inadimplência. Não é o seguro da residência, esse deve fazer assim que se mudar.

Empréstimo Pessoal

Esta não é uma opção ligada a imóveis, mas pode ser uma alternativa para complementar um valor que você já tem para pagar o imóvel à vista e conseguir um preço melhor de compra.

Pode compensar, mas faça as contas com cuidado, já que os juros do crédito pessoal são dos mais altos praticados no país. E via virar uma despesa no orçamento.

Considere no empréstimo as despesas de compra – certidões, impostos, taxas – caso não tenha os valores, assim você evitar sobrecarregar o orçamento com mais despesas da compra.

Consórcio

Esta é uma modalidade muito interessante financeiramente pois traz nela uma diferença: você na verdade vai poupar para receber o imóvel até o final do prazo do plano. Ou ser um grande sortudo e ser sorteado logo nas primeiras assembleias.

Neste caso, você usa a carta de crédito para comprar o imóvel que quiser. Comigo foi com uma carta de crédito contemplada Bradesco, foi fácil e prático, sem dor de cabeça.